Esportes

Zverev supera Tsitsipas com autoridade e conquista ATP 500 de Acapulco


Alexander Zverev fez a sua melhor apresentação na semana no México e faturou o título do ATP 500 de Acapulco. Sétimo no ranking da ATP, o alemão se impôs e derrotou na final deste domingo o grego Stefanos Tsitsipas com autoridade, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3), depois de 2h19 de jogo.

Tsitsipas tinha, e ainda tem, retrospecto positivo diante de Zverev. Isso, porém, não valeu de nada. Muito superior em quadra, o alemão, segundo cabeça de chave do torneio mexicano, encerrou uma série de cinco derrotas para o rival e conquistou o 14º troféu da carreira e o primeiro na temporada.

O campeão faturou uma premiação de US$ 88.940 (R$ 488 mil) e mais 500 pontos, que o farão ficar mais próximo de Roger Federer na briga pela sexta colocação. O vice-campeão ganhou US$ 65.760 (R$ 361 mil) e vai aumentar um pouco a sua vantagem para o astro suíço, mas ainda segue distante do austríaco Dominic Thiem, quarto no ranking.

“Eu sempre disse que este é definitivamente um torneio que eu queria ganhar na minha carreira”, destacou Zverev na coletiva de imprensa após a partida. “Tenho uma relação muito forte com o México e com este torneio. Eu vim aqui com um objetivo e o alcancei, e estou muito feliz com isso.”

Zverev sofreu no início. Um pouco desligado, o alemão mostrou deficiência nos segundos serviços e perdeu os três primeiros games. Tsitsipas por pouco não ampliou a vantagem para 5/1, mas desperdiçou três break points no sexto game, dando a oportunidade para o rival acordar e crescer na partida, vencendo os quatro games seguintes e fechando o primeiro set em 6/4.

A segunda parcial foi mais equilibrada, com Zverev firme da linha de base e Tsitsipas com dificuldade para movimentar o adversário. O grego salvou duas quebras no terceiro game e no nono teve o serviço quebrado. Mas quando tudo indicava que o alemão fecharia o jogo, ele teve seu saque quebrado, deixando escapar um match point. O set foi para o tie-break, no qual, Zverev, depois de ver o rival endurecer o confronto e salvar seis break points, foi melhor e selou o triunfo no México.

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago