O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, descartou, nesta segunda-feira (27), a possibilidade de convidar a Rússia para uma cúpula sobre a paz que será realizada em 15 e 16 de junho na Suíça.

“Não vemos a Rússia participando, porque a Rússia bloqueará tudo. Está claro”, disse em Madri, durante uma visita oficial, acrescentando que a Rússia “não se beneficia da paz”, já que “quer destruir a Ucrânia”.

Segundo Zelensky, mais de 90 países participarão na conferência que acontecerá em Lucerna.

Os Estados Unidos não confirmaram sua participação e não se sabe se a China, que diz apoiar uma conferência de paz internacional reconhecida tanto pela Rússia como pela Ucrânia, enviará representantes.

O presidente ucraniano disse que a rodada anterior de negociações com a Rússia, antes da invasão das tropas de Moscou, não levou a resultados concretos.