Esportes

Zé Roberto confessa que tinha medo de novo treinador do Vasco nos tempos de jogador: ‘Brigava, hein?’

Português é conhecido por forte temperamento dentro e fora dos campos

Zé Roberto confessa que tinha medo de novo treinador do Vasco nos tempos de jogador: ‘Brigava, hein?’

O Vasco vive uma nova era. A chegada do português Ricardo Sá Pinto sacudiu o clube, que vive má fase e acumula oito jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Pouco conhecido no Brasil, o ex-jogador foi avaliado por um antigo rival: Zé Roberto.

Em sua participação no Seleção SporTV, Zé Roberto analisou o comportamento de Sá Pinto nos tempos de jogador e fez uma confissão: o brasileiro tinha medo do agressivo português.

– Eu enfrentei o Sá Pinto no fim da carreira dele uma vez, em uma competição europeia; eu jogava no Bayer Leverkusen, ele jogava no Sporting. Eu lembro que a gente foi jogar contra eles e eu tinha medo do Sá Pinto. Ele brigava, hein? Tomara que venha mais tranquilo como treinador. Na época, como jogador, lembro que ele tinha batido em um torcedor, alguma coisa nesse sentido – afirmou.

Sá Pinto acumula algumas polêmicas em sua carreira por conta de um comportamento agressivo. Ele já agrediu o treinador da Seleção Portuguesa no fim de sua carreira por não ser convocado, além de trocar socos com o brasileiro Liédson, em 2010, quando era diretor de futebol do Sporting.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel