Esportes

Zanardi apresenta ‘progressos significativos’, diz hospital

MILÃO, 24 SET (ANSA) – Internado há três meses devido a um grave acidente, o campeão paralímpico e ex-piloto de Fórmula 1 italiano Alessandro Zanardi apresentou “progressos significativos”, mas seu quadro clínico ainda é considerado “complexo”.   

É o que afirma um boletim médico divulgado nesta quinta-feira (24) pelo Hospital San Raffaele, em Milão, após um longo período de silêncio sobre o estado de saúde do paratleta. O comunicado informa que Zanardi “está passando por um percurso de tratamento semi-intensivo”.   

“Contemporaneamente, iniciou-se mais um percurso cirúrgico voltado à reconstrução do crânio facial. Uma primeira intervenção foi realizada com sucesso há alguns dias, e está programada para as próximas semanas uma segunda operação”, diz o boletim.   

Zanardi também tem passado por sessões de reabilitação cognitiva e motora, com administração de “estímulos visuais e acústicos, aos quais ele responde com sinais transitórios e iniciais de interação com o ambiente”.   

“Frente a esses progressos significativos, os médicos reiteram a continuação de um quadro clínico geral complexo, sendo absolutamente prematuro determinar o prognóstico”, conclui o boletim. O último comunicado sobre o estado de saúde do paratleta havia sido divulgado em agosto.   

Zanardi se acidentou em 19 de junho, durante um evento de paraciclismo na província de Siena. O esportista perdeu o controle de sua handbike e se chocou contra um caminhão.   

Internado em um primeiro momento na UTI de um hospital de Siena, o paratleta chegou a ser transferido para um centro de reabilitação neurológica, mas a instabilidade de sua condição de saúde o levou para o San Raffaele, um dos principais hospitais de Milão.   

História – Protagonista de uma das maiores histórias de superação do esporte moderno, o italiano foi bicampeão da antiga CART (1997 e 1998) e disputou cinco temporadas na Fórmula 1, a última delas em 1999, pela equipe Williams.   

Ao retornar para a CART, em 2001, sofreu um grave acidente no circuito oval de Lausitz, na Alemanha, e teve as duas pernas amputadas, mas Zanardi nunca desistiu das corridas. Após uma longa recuperação, disputou o WTCC e obteve três vitórias.   

Porém foi no paraciclismo onde ele se encontrou. Começando a competir em 2007, logo passou a colecionar pódios, alcançando três medalhas paralímpicas nos Jogos de Londres, em 2012, sendo duas de ouro e uma de prata.   

Quatro anos depois, o italiano conquistou mais três medalhas nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro, novamente duas de ouro e uma de prata. (ANSA).   

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Raro fenômeno da lua azul ocorrerá durante o Halloween, saiba o significado

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago