Em Cartaz

Yungblud, o porta-voz da Geração Z

Crédito: Divulgação

“Gênero é irrelevante. Somos quem queremos ser” Yungblud, cantor (Crédito: Divulgação)

O britânico Yungblud, de 22 anos, é um dos líderes da Geração Z. Se você já perdeu a conta, é aquela turma nascida entre 1995 e 2010 que veio depois dos millennials. “Homem, mulher… gênero é irrelevante, é um conceito criado pela sociedade. Somos quem queremos ser”, diz Yungblud. Seguido por milhões de fãs, o artista – cujo nome verdadeiro é Dominic Richard Harrison – lança “Strawberry Lipstic”, seu novo single. Ele também não acredita em fronteiras sonoras. “Rock, hip-hop, eletrônico; o importante é expressar um som verdadeiro.” Apesar de ter crescido ouvindo rock com o pai e o avô (“sou fã de Sex Pistols e Rolling Stones”), acredita que o estilo envelheceu. “O rock de hoje é um tédio, ninguém tem nada a dizer. O hip-hop ocupou esse lugar. Roqueiros hoje são apenas idiotas com casacos de couro”. Yungblud prefere Lady Gaga:“Ela é a nova David Bowie. Nunca imaginei que alguém pudesse me dizer algo tão íntimo sem me conhecer pessoalmente”. Seus grandes amores, porém, são os membros do Black Heart Club, seu fã-clube.

“O mundo não me queria assim, então fui lá e criei meu próprio mundo. Gritei ‘alguém quer vir comigo?’ e eles vieram. A internet nos uniu.”

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel