Tecnologia & Meio ambiente

YouTube suspende canal de Bolsonaro por uma semana

YouTube suspende canal de Bolsonaro por uma semana

O presidente Jair Bolsonaro, durante ato público no Palácio do Planato, em Brasília, 6 de outubro de 2021 - AFP/Arquivos


A plataforma de vídeos YouTube suspendeu nesta segunda-feira por uma semana o canal do presidente Jair Bolsonaro, após remover um vídeo de uma transmissão ao vivo em ele que divulgou informações falsas associando a vacina contra a Covid-19 à Aids.

“Removemos um vídeo do canal de Jair Bolsonaro por violar as nossas diretrizes de desinformação médica sobre a Covid ao alegar que as vacinas não reduzem o risco de contrair a doença e causam outras doenças infecciosas”, relatou o YouTube em comunicado enviado à AFP.

Esta é a segunda vez que o presidente viola as “normas da comunidade” da plataforma, motivo pelo qual não poderá publicar vídeos nem fazer transmissões ao vivo nos próximos sete dias, segundo as regras do YouTube. Os demais vídeos do canal de Bolsonaro, que tem 3,5 milhões de assinantes, permanecem com acesso liberado.

As plataformas Facebook e Instagram, que pertencem ao mesmo grupo, também removeram o vídeo nesta segunda-feira, pelo mesmo motivo.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais