Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Xuxa resolveu entrar com uma ação na Justiça para processar a deputada bolsonarista Rosane Felix (PSD) por associá-la à pedofilia e exploração infantil. Segundo informações do site Notícias da TV, a apresentadora o processo por danos morais foi distribuído no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) em 4 de fevereiro deste ano.

Em  agosto de 2020, Rosane fez uma moção de repúdio ao livro Maya: Bebê Arco-Íris, escrito por Xuxa com a história de uma recém-nascida que tem duas mães. Na época do lançamento, Xuxa defendeu a publicação como uma forma de fazer as crianças entenderam que “o amor é o mais importante”.

A parlamentar criticou a iniciativa da loira e disse na ocasião: “Para ensinar o amor e o respeito ao próximo não precisa escrever livro LGBT. Isso se aprende com boas maneiras dentro de casa e na escola. Já não basta a pedofilia, a exploração sexual infantil, e agora tem isso? Deixem as nossas crianças em paz!”.

“Elas precisam ser incentivadas a brincar, jogar bola, andar de bicicleta, brincar de pique, de boneca! Criança não tem que ser induzida a pensar em sexo ou sexualidade”, defendeu ela.

Xuxa pede indenização de R$ 150 mil por danos morais. Um juiz do Rio precisa sanear o processo e determinar se as partes terão que apresentar mais provas para dar continuidade.