Geral

WhatsApp é obrigado a banir usuários que pirateiam filme indiano

WhatsApp é obrigado a banir usuários que pirateiam filme indiano

WhatsApp é obrigado a banir usuários na Índia - Reprodução/Unsplash


A produtora Zee Entertainment, responsável pelo filme “Radhe: Your Most Wanted Bhai”, entrou com um pedido judicial na Suprema Corte de Delhi, capital da Índia, contra usuários do WhatsApp que compartilharam o filme de forma ilegal. O estúdio afirma que o aplicativo facilita a atividade. As informações são do IG.

Milhares de arquivos do filme foram encontrados circulando em aplicativos de mensagens como o WhatsApp, pertencente ao Facebook, e o Telegram. Antes de acionar a Suprema Corte, a Zee Entertainment abriu uma queixa na Cyber Cell de Delhi, polícia que trata de crimes cibernéticos. Ao menos oito contatos de celulares praticavam a pirataria.

Em 20 de maio, o juiz Sanjeev Narula, da Suprema Corte de Delhi, proibiu os oito contatos encaminhados pelo estúdio de compartilharem, reproduzirem e ofertarem o filme. Narula também obrigou o WhatsApp a suspender a conta de dois desses contatos não identificados.