Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

O Golden State Warriors venceu o Boston Celtics por 107 a 88 neste domingo e empatou as finais da NBA em 1 a 1, impulsionado por um show de Stephen Curry com 29 pontos em apenas três quartos.


+ Jessica Alves mostra resultado de feminização facial realizada na Tailândia
+ Astrônomos encontram ‘tesouro oculto’ de enormes buracos negros
+ Rosto de sueca da Idade da Pedra é reconstituído

Os Warriors, que na quinta-feira haviam deixado escapar a primeira vitória com um desastre no quarto quarto, conseguiram evitar surpresas desta vez com um segundo tempo dos sonhos diante de sua torcida no Chase Center, em San Francisco.

“Entramos com a energia e o foco certos”, destacou Curry. “Dissemos que tínhamos que jogar com uma vontade enorme e foi o que fizemos. É bom estar de volta e agora precisamos de uma vitória fora de casa”.

Para os Celtics, sua estrela Jayson Tatum foi uma das poucas notas positivas com 28 pontos e 6 cestas de três.

Seu parceiro Jaylen Brown contribuiu com outros 17 pontos, mas o restante do time titular – Al Horford, Marcus Smart e Robert Williams – só marcou 2 pontos cada.

“Aqueles dois caras (Tatum e Brown) criam muito jogo. Contivemos o resto e dificultamos para eles”, disse Curry. “Nosso terceiro quarto foi ótimo e conseguimos uma distância suficiente para que o último fosse um pouco mais fácil esta noite.”

O armador desencantou no terceiro quarto com 14 pontos que levaram o Golden State a uma sequência de 35-14 que lhe garantiu a vitória.

Curry, de 34 anos, acrescentou à sua conta 5 cestas de três, 6 rebotes, 4 assistências e 3 roubadas de bola em seu 30º jogo nas finais.

Na busca por seu quarto anel da NBA e seu primeiro MVP das finais, Curry precisou de apenas 32 minutos na quadra.

Com 23 pontos de vantagem (87 a 64) no início do quarto período, o técnico Steve Kerr poupou seu líder para o terceiro jogo da série, que será disputado na quarta-feira, no TD Garden, em Boston.

 

gbv/ma/aam