Economia

Votos do CMN só serão divulgados na segunda-feira, 21


O Ministério da Economia comunicou nesta sexta-feira, 18, que a reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) remarcada para esta sexta-feira segue sem iniciar. A pasta não informou o motivo do atraso, mas confirmou que as decisões do colegiado serão informadas apenas na próxima segunda-feira (21).

O último encontro ordinário do colegiado em 2020 deveria ter acontecido ontem, mas o Ministério da Economia pediu mais tempo para concluir um voto. A nova reunião havia sido reagendada para as 15h de hoje.

Como o ministro da Economia, Paulo Guedes, está formalmente de férias a partir desta sexta-feira, o secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, participará da reunião em seu lugar.

O CMN é formado pelo ministro da Economia, pelo secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, – que também sairá de férias na próxima segunda-feira.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS