ISTOÉ Gente

“Voto secreto” de Neymar teve influência da namorada Bruna Marquezine

Crédito: Reprodução/Instagram

Recentemente, o casal formado por Bruna Marquezine e Neymar sofreu com diferenças políticas, apesar do atacante não ter declarado apoio, nem repúdio a nenhum dos candidatos.

Bruna Marquezine, por sua vez, declarou apoio a Ciro Gomes, do PDT, mas acima de tudo mostrou ser do time #EleNão, campanha criada contra o candidato Jair Bolsonaro.

Além disso, a namorada de Neymar ainda teria influenciado o jogador a manter seu “voto” sob sigilo. No entanto, segundo o UOL, o jogador não votou. No dia da eleição, ele defendeu o PSG e no dia seguinte viajou para se apresentar à seleção brasileira.

Ainda de acordo com o UOL, a família do craque teria votado em peso em Jair Bolsonaro, o que poderia influenciar no voto do jogador. Vale lembrar que Neymar chegou a curtir publicações de apoio ao candidato do PSL nas redes sociais.

“Neymar ficou entre a cruz e a espada. A sorte é que os dois não são tão radicais e respeitam as opiniões e as escolhas de cada um”, teria contado um amigo próximo ao brasileiro.