Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A inclusão na pauta do plenário da Câmara do projeto que trata sobre o congelamento de bens de pessoas acusadas de terrorismo foi um pedido do governo, segundo, o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ).

Ao deixar a reunião de líderes da Casa que acontece nesta quarta-feira, 6, Molon disse que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ouvirá partidos sobre comissões na semana que vem e que elas só devem começar a serem instaladas daqui a 15 dias.

Não está definido se o projeto irá à votação antes ou depois da deliberação de três medidas provisórias que estão na fila.

Apesar do projeto sobre terrorismo ser um pedido do governo, o pedido de inclusão da matéria na pauta foi oralizado por Maia.

O líder do governo, Major Vitor Hugo (PSL-GO) não se manifestou na reunião até o momento sobre o assunto.