Economia

Von der Leyen, da UE, diz que Rússia está usando abastecimento de alimentos como arma

Von der Leyen, da UE, diz que Rússia está usando abastecimento de alimentos como arma

FOTO DE ARQUIVO: Vista aérea mostra um trator espalhando fertilizante em um campo de trigo perto de Yakovlivka

DAVOS (Reuters) – A Rússia está usando o abastecimento de alimentos como uma arma com repercussões globais, agindo da mesma forma que no setor de energia, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, nesta terça-feira.

Falando no Fórum Econômico Mundial anual realizado em Davos, na Suíça, ela disse que a “cooperação global” era o “antídoto para a chantagem da Rússia”.


“Na Ucrânia ocupada pela Rússia, o exército do Kremlin está confiscando estoques de grãos e maquinário (…) E navios de guerra russos no Mar Negro estão bloqueando navios ucranianos cheios de trigo e sementes de girassol”, acrescentou von der Leyen.

A UE se comprometeu a abrir rotas logísticas alternativas para ajudar a Ucrânia a exportar grãos. Ministros da Agricultura dos países da UE se reúnem em Bruxelas nesta terça-feira para discutir um progresso nessa frente.

A invasão da Ucrânia pela Rússia –e a tentativa do Ocidente de isolar Moscou como punição– elevou o preço dos grãos, óleo de cozinha, fertilizantes e energia.

O Kremlin disse na segunda-feira que foi o Ocidente o responsável pela crise alimentar global ao impor as sanções mais severas da história moderna à Rússia por causa da guerra na Ucrânia.

(Por Benoit Van Overstraeten e Kate Abnett)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4N0IK-BASEIMAGE