Economia

Volume exportado de carne recua 3% em julho ante mesmo mês de 2015, aponta Abiec

As exportações brasileiras de carne bovina recuaram 3% em julho, para 109,4 mil toneladas, ante vendas externas de 113 mil toneladas registradas em julho de 2015. Em receita, a queda foi de 16%, somando US$ 423 milhões, ante US$ 505 milhões. Os dados são da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e consideram a carne in natura, industrializada, cortes salgados e miúdos.

Hong Kong continua a ocupar a liderança nas importações de carne brasileira, com a compra de 24,4 mil toneladas (92% a mais que o mesmo mês de 2015), gerando um faturamento de US$ 80 milhões (88% mais que julho do ano passado). O Egito ficou na segunda posição, com 18,3 mil toneladas (8% a mais que julho de 2015) e faturamento de US$ 57 milhões. A carne in natura foi a categoria de produtos mais exportada no mês, com 82 mil toneladas e faturamento de US$ 325 milhões.

No acumulado do ano, foram exportadas 845 mil toneladas de carne bovina, volume 10% superior ao verificado entre janeiro e julho do ano passado. Já a arrecadação dos sete primeiros meses foi 1% menor, na mesma base de comparação, somando US$ 3,3 bilhões.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel