Mundo

Vizcarra promulga decreto para eleições legislativas em 2020

Vizcarra promulga decreto para eleições legislativas em 2020

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anuncia decreto de urgência para a realização de eleições legislativas em 2020. - AFP

O presidente peruano, Martín Vizcarra, promulgou nesta quarta-feira um decreto de urgência que estabelece medidas excepcionais para garantir a realização de eleições legislativas em janeiro de 2020, após a dissolução do Congresso.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“O Conselho de Ministros, liderado pelo presidente Martín Vizcarra, aprovou hoje um decreto de urgência que estabelece medidas de emergência e excepcionais que permitam aos organismos eleitorais garantir o desenvolvimento das eleições para um novo Congresso, que serão realizadas em 26 de janeiro de 2020”, anunciou o premier Vicente Zeballos.

Neste processo eleitoral, “o governo terá um papel neutro, dentro de um espaço democrático e transparente, que garanta a massiva participação dos cidadãos”, declarou Zeballos, ao lado do chanceler Gustavo Meza-Cuadra e das ministras da Economia, María Alva, e Justiça, Ana Revilla.

“O governo não participará das próximas eleições parlamentares. Não terá qualquer nível de envolvimento”, garantiu Zeballos.

O ministro destacou que o governo se dedicará “à luta contra a corrupção como uma política de Estado” e que a “segurança cidadã também será uma prioridade para dar paz e tranquilidade à população”.

Este é o primeiro decreto de urgência promulgado pelo governo após a dissolução do Congresso, adotada por Vizcarra no dia 30 de setembro.

Por meio desta medida se habilita os organismos eleitorais para que emitam os regulamentos e normas necessárias à realização das eleições, assim como a adequação dos procedimentos e prazos do calendário eleitoral.

O Juri Nacional de Eleições (JNE) informou há alguns dias que instalará 60 Juris Eleitorais Especiais (JEE) em todo o país para garantir uma votação justa durante as legislativas.

O Decreto de Urgência será publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial.

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea