Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

A viúva de Paulinho, vocalista do Roupa Nova, que morreu em dezembro de 2020 em decorrência de complicações da covid-19, está brigando na justiça para receber parte da herança deixada pelo cantor.

Elaine Soares Bastos comentou sobre o assunto em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record. Ela afirma que a disputa começou no mesmo dia em que o músico foi cremado.

“No dia em que o pai deles estava sendo cremado, eles já estavam entrando na Justiça com o inventário e eu não sabia. Eles me deixaram por fora de tudo, não fui eu que briguei por herança. Eu constituí uma advogada para que eu entrasse no inventário, já que eu não estava”, acusou ela, que afirma contar com a ajuda dos músicos da banda para sobreviver.