Cultura

Vitão nega que participará do ‘Dança dos Famosos’

Vitão negou nesta quinta-feira, 17, que substituirá o ator Henri Castelli no programa Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão.

Procurada pelo Estadão, a assessoria de imprensa do cantor negou as informações de que ele estava cotado para a atração e que participaria da competição musical no lugar do ator.

No último domingo, 13, durante a estreia da 17ª edição do reality, a ausência de Castelli, 42 anos, chamou a atenção do público. O anúncio de que ele não continuaria no programa foi feito por Faustão, que não falou mais detalhes.

No dia seguinte, Henri compartilhou uma série de stories explicando que há dois meses atrás quebrou o tornozelo e seu médico, junto com a direção da TV Globo, acharam melhor que ele não participasse desta edição.

“Eu e meu médico tentamos de tudo para recuperar em tempo recorde, mas, infelizmente, para preservar [e evitar uma] nova lesão, achamos por bem poupar! Eu estou ótimo! Só mesmo prevenção”, comentou o ator, ressaltando que tem vontade de participar do quadro há 15 anos.

Segundo a Rede Globo, o novo participante será anunciado no próximo domingo, 20.

Neste ano, a Dança dos Famosos traz nomes como Bruno Belutti, Zé Roberto, André Gonçalves, Felipe Titto, Marcelo Serrado, Danielle Winits, Luiza Possi, Lucy Ramos, Guta Stresser, Isabeli Fontana e Giullia Buscacio.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel