Economia

Vital: Tesouro passa a atuar a partir de amanhã com dois vencimentos de LFT

O coordenador-geral de operações da Dívida Pública, Luis Felipe Vital, disse nesta quarta-feira, 25, que o Tesouro passará a atuar a partir de amanhã com a oferta de papéis mais curtos de Letras Financeiras do Tesouro (LFTs), atrelados à Selic. Segundo ele, os dois vencimentos serão para setembro de 2022 e para março de 2026.

“As condições de mercado também podem demandar uma alteração no mecanismo dos leilões desses papéis pelo Tesouro, com a volta do leilão de preço uniforme”, informou Vital.

Atualmente, há dois mecanismos de leilão usados pelos Tesouro. Um é o de preço múltiplo, em que cada investidor recebe a taxa de sua oferta, e outro é o de preço único (ou uniforme), no qual todos os investidores recebem a mesma taxa de corte. Atualmente, os leilões de prefixados e LFTs são de preço múltiplo, e os de NTN-Bs (atrelados à inflação) são de preço uniforme.

O último leilão de LFT foi realizado em 27 de fevereiro, com preço múltiplo. A partir de amanhã, as LFTs passarão a seguir o mecanismo de preço uniforme. A alteração não se aplicará aos prefixados, que continuam com preço múltiplo.

Segundo Vital, o Tesouro observou uma “reprecificação global dos ativos e mudança no sentimento de risco dos investidores”. Isso inclui uma preferência do mercado por títulos de vencimento mais curto.

Atuação

Em relação à atuação do Tesouro nas últimas semanas, Vital disse que inicialmente o foco foram os mercados que apresentaram maior disfuncionalidade, entre eles o de NTN-Bs intermediárias e longas e prefixados longos. O Tesouro atuou tanto na compra quanto na venda, “de forma a criar referências para o mercado secundário”.

“Ao longo das atuações, o Tesouro verificou maior estabilidade em alguns mercados, como o de NTN-Bs longas, e necessidade de atuar em outros, como o de NTN-Bs curtas. Com o tempo, observou-se um fluxo vendedor decrescente e investidores passando a demandar títulos nos níveis atuais de taxa”, disse o técnico, em referência ao fato de o órgão ter reduzido a atuação no mercado nesta semana.

“O Tesouro continuará atuando por prazo indeterminado sempre que observar disfuncionalidade em qualquer segmento da curva de juros, conforme comunicado publicado hoje”, ressaltou.

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior