Esportes

Vinícius comemora 1º gol no Vasco e exalta Ramon Menezes: ‘Só tenho a agradecer’

O empate por 1 a 1 do Vasco com Red Bull Bragantino, em São Januário, foi especial para o atacante Vinícius, que marcou o seu primeiro gol no profissional. Ele lamentou o resultado deste domingo, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, mas destacou a atuação da equipe, além de agradecer o técnico Ramon Menezes.

“Independente do resultado, fizemos um bom jogo. Eu estava vindo de lesão, um momento difícil para mim. Mas felizmente voltei rápido e puder marcar meu primeiro gol profissional. O Ramon me incentiva muito, me dá várias orientações e eu só tenho a agradecer a ele”, afirmou.

A jogado do gol, aliás, foi toda construída por jogadores que vieram das categorias de base. Talles Magno foi acionado pela esquerda e tocou para Juninho. Ele foi à linha de fundo e tocou para Vinícius, na pequena área, completar.

Vinicius também analisou o empate adversário, que chegou ao gol logo na saída de bola. Não foi a primeira vez que isso acontece com o Vasco, que teve situação parecida na derrota por 2 a 1 para o Atlético-GO, pela nona rodada.

“Na hora que saíram com a bola, rápido, foi uma desatenção. Nosso time deu mole na marcação e eles conseguiram chegar ao gol. Mas como disse, nosso time estava muito bem na partida”, acrescentou.

Agora o Vasco se prepara para a 13ª rodada. A equipe volta a campo no domingo, às 20h30, quando enfrenta o líder Atlético-MG, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Santo Stefano: Esta vila italiana te paga R$ 52 mil para se mudar

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar