Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Na manhã desta terça-feira (15), Danilo Gentili deu uma entrevista para o programa “Morning Show”, da TV Jovem Pan. Na atração, apresentador se defendeu das acusações que tem sofrido em relação a uma cena de pedofilia em seu filme ‘Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola’, lançado em 2017.

“O âmago desse filme e desse livro tá nesse trecho: ‘O pior aluno da escola é aquele que não repete o que todo mundo faz só porque é modinha nem acredita em qualquer caga regra só porque ele é uma autoridade, líder ou professor’. Então o que permeia o livro é ‘Por que devo obedecer?’. Então essa cena (sobre a pedofilia) é exatamente sobre isso, uma pessoa que se apresenta como uma autoridade, pedindo coisas abjetas e absurdas para os alunos que não obedecem. Então, em momento algum, o filme faz uma apologia à pedofilia, o filme vilazina a pedofilia”, começou Gentili.

 “O filme tem classificação indicativa de 14 anos porque as pessoas competentes não assistiram uma cena cortada de 16 segundos e sim um filme de 1h30. Inclusive, eles elogiaram o filme, falaram que passa uma mensagem legal”, finalizou ele.

Vale ressaltar que, hoje, o Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou que as plataformas com direitos de distribuição do filme devem suspender sua exibição imediatamente. Caso descumpram a ordem, as plataformas podem ter que pagar uma multa diária de R$ 50 mil.