Esportes

Vila Nova empata com Guarani em casa e fica mais próximo do rebaixamento

O Vila Nova continua sem vencer no estádio Serra Dourada na Série B do Campeonato Brasileiro e se complicou de vez na briga para permanecer na segunda divisão ao ficar no empate por 1 a 1 diante do Guarani, na noite desta quarta-feira, pela 35ª rodada. Já o time campineiro ganhou uma “gordura” na luta contra a degola. O único triunfo do time goiano em casa na competição foi contra o São Bento, no Olímpico Pedro Ludovico.

Com o resultado, o Guarani chegou aos 41 pontos, contra 35 do Londrina, o primeiro clube dentro da degola. Já o Vila Nova, que não vence há dez rodadas, é o penúltimo, com 34. O Figueirense, 16º colocado, tem 38.

Vila Nova e Guarani fizeram um primeiro tempo de pouca inspiração. Com o rebaixamento cada vez mais próximo, o time goiano criou as melhores oportunidades, mas acabou saindo atrás do marcador. Joseph fez falta em Marcelo dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. Diego Cardoso foi para a cobrança e mandou no fundo das redes.

Alan Mineiro foi o jogador que mais criou pelo lado do time goiano. O meia, no entanto, acabou saindo lesionado no primeiro tempo, assim como o volante Tinga. O Vila Nova foi obrigado a fazer duas alterações por contusão de seus jogadores.

O ritmo do segundo tempo também foi lento. Com a vantagem, o Guarani recuou e optou por tentar administrar o resultado. A estratégia do Guarani praticamente anulou a criatividade do Vila Nova, que foi para o abafa.

+ Briga de vizinhos termina com personal trainer morta a facadas no interior de SP

A pressão deu resultado apenas aos 40 minutos. O Vila Nova se atirou todo ao ataque e viu Diego Jussani disputar a bola e a mesma sobrar para Jeferson. O lateral empurrou para o gol. No entanto, logo depois, o time goiano perdeu Gastón Filgueira, expulso, e ficou com um jogador a menos.

O time goiano ainda tentou jogadas de velocidade e em jogadas aéreas para surpreender o Guarani, mas na melhor delas, a cabeça de Jussani acabou saindo pela linha de fundo. O Guarani, por outro lado, se segurou e praticamente confirmou a permanência na Série B.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Operário-PR no sábado, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. No domingo, ás 16h, o Vila Nova visitará o Sport na Ilha do Retiro, no Recife.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 X 1 GUARANI

VILA NOVA – Rafael Santos; Jeferson, Diego Jussani, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Joseph, Tinga (Erick), Ramon e Alan Mineiro (Robinho); Carlinhos (Elias) e Capixaba. Técnico: Itamar Schulle.

GUARANI – Jefferson Paulino; Lenon, Bruno Silva, Diego Giaretta e Thallyson; Marcelo (Ferreira), Ricardinho, Lucas Crispim, Rondinelly (Bady) e Arthur; Diego Cardoso (Deivid Souza). Técnico: Thiago Carpini.

GOLS – Diego Cardoso, aos 16 minutos do primeiro tempo. Jeferson, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS – Joseph, Ramon e Wesley Matos (Vila Nova); Bruno Silva, Diego Giaretta e Marcelo (Guarani).

CARTÃO VERMELHO – Gastón Filgueira (Vila Nova).

RENDA – R$ 11.480,00.

PÚBLICO – 1.938 pagantes.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Veja também

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?