Mundo

Vídeo: Proteção se rompe e estudantes despencam em vão livre de universidade na Bolívia

Crédito: Reprodução

Ao menos sete estudantes morreram após o rompimento de uma grade de proteção de um dos corredores do quatro andar da Universidade Pública de El Alto (UPEA), na Bolívia, na terça-feira (2). Um vídeo do momento do acidente foi divulgado nas redes sociais.

Nas imagens, é possível ver dezenas de pessoas aglomeradas em um único espaço. De acordo com a mídia local, os estudantes foram convocados para uma assembleia extraordinária. Em entrevista à TV Cadena, o secretário executivo dos trabalhadores da UPEA, Andy Huanca, afirmou que o evento foi organizado pelo centro estudantil da área de ciências econômicas, financeiras e administrativas.

Durante a reunião, houve discussão e empurrões. Ao jornal El País, o comandante da Polícia, Jhonny Aguilera, destacou “que as causas que motivaram aquela reunião devem primeiro ser apuradas”, uma vez que este tipo de assembleia não é permitida devido à pandemia.

Em nota, a UPEA lamentou o acidente e se comprometeu a pagar os custos médicos dos feridos e os gastos funerários com os estudantes mortos. A universidade informou ainda que abriu uma investigação interna para apurar o caso e que colabora com a polícia boliviana na apuração do acidente.


+ Mulher é presa por não devolver R$ 6,8 milhões que recebeu por engano
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pentágono confirma que vídeo com OVNIs em forma de pirâmide é autêntico



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS