Vídeo mostra encontro com puma em trilha: O que fazer?

Crédito: Divulgação

(Crédito: Divulgação)

Na semana passada estive no sertão da Bahia, no cerrado selvagem. Eram oito da noite quando, saindo de um remo e caminhando em direção ao carro, avistei um lobo-guará que me encarou por alguns minutos, frente a frente. Ele não se mexia, não parecia nervoso, mas insistiu em não recuar e em não sair dali (afinal, estava em sua casa, e a intrusa no caso era eu). Eu fiquei ali, nervosa claro, tentando me lembrar como exatamente tinha aprendido a agir caso encontrasse um animal selvagem pelo caminho.

É engraçado como o nervosismo nessas horas faz você esquecer tudo, afinal fazia tanto tempo que havia aprendido e isso ainda não tinha me acontecido. Não assim, tão de perto. Mas sinceramente a minha história termina tranquila e longe, bem longe, do susto que este rapaz passou ao encontrar um puma em uma corridinha matinal em meio a floresta.

Foi em Utah, nos Estados Unidos. Kyle Burgess tem 26 anos e estava correndo em uma trilha visivelmente marcada e aberta quando encontrou filhotes de puma no caminho. Já com o celular ligado registrando o momento, eis que surge a puma mãe, uma fêmea feroz que começou a correr atrás dele. Não só a correr como rosnar e ameaçar. Assistir ao vídeo é muito apreensivo porque você tem certeza que a história não vai terminar bem.

Kyle gritou, bateu o pé e não deu as costas para ela, agindo (entre palavrões e muito, muito desespero) exatamente como especialistas aconselham em um encontro como este:

1 – Em caso de encontro – jamais correr ou ficar de costas.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

2- Manter uma postura de desafio, ficando em pé e encarando o animal direto nos olhos.

3- Tente parecer grande. Para isso, use mochilas na cabeça ou, se estiver com mais pessoas, fiquem lado a lado para que ela entenda que são maiores que ela.

4- Se o confronto for iminente, você precisa mostrar-se agressivo e perigoso, usando os seu pulmões para gritar (afinal, medo não lhe faltará) e balançando os braços.

5- Ainda de frente e encarando-a, se afaste aos poucos, sem correr.

O contato com a natureza em trilhas e matas é maravilhoso e nos traz benefícios incontáveis. Mas é preciso saber que (apesar de não ser frequente) isso pode acontecer. O ideal é sempre estar com mais uma pessoa que conheça a área melhor que você como guias experientes e locais. Assista o vídeo:

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.