Geral

Vídeo: Homem invade delegacia, esquenta comida e deixa chinelo na fuga

Crédito: Reprodução

Cozinha da delegacia foi revirada por invasor (Crédito: Reprodução)

A cozinha de uma delegacia em Duque de Caxias (RJ) foi invadida no domingo (10) durante o plantão policial. De acordo com os agentes que estavam na unidade, o homem teria entrado pelos vitrôs da cozinha ou do banheiro que estavam abertos e fugiu com a chegada de um policial no cômodo. As informações são do Uol e do G1.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a cozinha toda revirada, com a geladeira aberta, suco derramado no chão e alguns alimentos deixados na mesa.


“A gente lá embaixo com as ocorrências que chegaram da PRF [Polícia Rodoviária Federal] e olha como está a delegacia neste momento. O Marcelo tentou pegar ele [o invasor], mas ele correu. Todos os vitrôs abertos. É por aqui que eles estão entrando. Mexeu nesses armários aqui, derrubou suco, esquentou comida, esse armário aqui, ele mexeu. Se tiver algum bem, já era”, diz uma policial na gravação. Nas imagens, é possível ver que o homem deixou o chinelo para trás durante a fuga.

Ainda de acordo com a policial, que não foi identificada, ela já havia alertado sobre os vitrôs abertos no local. “Há muito tempo que eu reclamo desses vidros da delegacia abertos. Estão todos abertos”, afirma a mulher. Na sequência, ela conversa com outro homem e a dupla conclui que as câmeras de segurança do local devem ter flagrado a movimentação do suspeito na cozinha.

Em nota ao Uol, a Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que “abriu procedimento para identificar quem entrou na cozinha para furtar alimentos e a corregedoria está apurando eventual negligência na segurança da unidade”.

Caso citado pela policial

Conforme os agentes da 59º DP, enquanto a invasão acontecia na cozinha, os plantonistas estavam apurando o caso de um irmão de um agente da PRF e outras duas pessoas que haviam sido sequestradas por traficantes. O trio foi levado para dentro de uma comunidade.

De acordo com a Polícia Civil, após uma operação no local, o corpo do irmão do PRF foi localizado carbonizado. Uma mulher, que também foi sequestrada, foi espancada pelos criminosos mas acabou liberada. Ainda não há informações sobre a terceira vítima.