Geral

Vídeo: Bandidos levam pânico a Botucatu com explosões e tiros contra a PM

Crédito: Reprodução

Moradores de Botucatu, no interior de São Paulo, viveram momentos de terror no final da noite de quarta-feira (29). Bandidos armados atacaram três agências bancárias com explosivos e trocaram tiros com a polícia. Dois policiais ficaram feridos, mas não correm risco de morrer. As informações são da TV Globo.

De acordo com a polícia, a ação dos criminosos começou por volta das 23h30 e durou mais de três horas. Nas redes sociais, moradores compartilharam diversos vídeos dos assaltos e da reação da polícia.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Ainda conforme a TV Globo, equipes da Polícia Militar ainda estão nas ruas. Na manhã desta quinta-feira (30), próximo a rodovia Marechal Rondon, a polícia conseguiu cercar os assaltantes que fugiram para uma região de mata. Houve nova troca de tiros e um dos suspeitos foi ferido.

Em duas das agência atacadas, os explosivos não foram detonados. Equipes do Gate vão até a cidade para recolher as dinamites.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ De biquíni verde cavado Lívia Andrade arranca elogios da web ao tomar banho de sol
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel