Esportes

Vettel torce por calor no Japão para ter chances de superar Hamilton

Ciente de que a Ferrari esteve aquém da Mercedes neste sábado, o alemão Sebastian Vettel torce por uma temperatura mais elevada em Suzuka no domingo para ter chances de vencer o GP do Japão de Fórmula 1. O piloto acredita que a equipe italiana rende mais sob calor, que não apareceu no treino classificatório.

“É fato que somos melhores em condições de temperatura mais elevada”, afirmou Vettel, ao fim da classificação. É por essa razão, na avaliação do alemão, que a Ferrari foi quase meio segundo mais lenta que os carros da Mercedes neste sábado. Os termômetros registraram 21 graus, sendo 25 graus na pista.

Vettel, contudo, não acredita que o clima vai mudar tanto de um dia para outro em Suzuka. “A previsão é de 26 graus, não chega a ser muito diferente. Mas vamos esperar para ver. Até agora, neste fim de semana, ainda não tivemos temperaturas como essa”, comentou o alemão.

Após ser superado por ambos os carros da Mercedes, o piloto da Ferrari vai largar da segunda posição, bem ao lado do inglês Lewis Hamilton. Isso porque o finlandês Valtteri Bottas sofreu punição e perdeu cinco posições no grid, saindo em sétimo lugar. Assim, os dois principais candidatos ao título da temporada vão largar lado a lado no Japão.

“O carro é rápido, como vimos nas últimas etapas. E, se vamos largar desta posição, podemos ter boa chance de nos recuperar”, projetou Vettel, referindo-se ao campeonato. Após perder a liderança do Mundial de Pilotos, o alemão viu Hamilton abrir 34 pontos de vantagem na primeira colocação.