O aguardado e badalado GP de Las Vegas está gerando reações diferentes por parte dos pilotos da Fórmula 1. Enquanto o holandês Max Verstappen não escondeu seu incômodo com o excesso de eventos de divulgação, outros, como o australiano Daniel Ricciardo, comparam o fim de semana de corrida a um “filme”.

“Por mim, poderíamos evitar todas essas coisas. Não é sobre o cantor, é que estamos ali em pé, como se fôssemos um palhaço”, reclamou o tricampeão mundial, em referência ao evento de divulgação ocorrido na noite de quarta-feira, na cidade americana. “É 99% show e só um 1% evento esportivo.”

A cerimônia de abertura do GP, algo incomum nas demais etapas do calendário, contou com apresentação de DJs e shows de diversos cantores. Os pilotos foram apresentados ao público por equipes. Vestidos com seus uniformes, eles eram elevados por plataformas cheias de luzes e ganhavam os aplausos dos torcedores. Na prática, apenas foram apresentados, sem declarações ou entrevistas.

“Não tenho muitas emoções (sobre o GP), para ser honesto. Eu gosto apenas de me concentrar no lado da performance. Não gosto das coisas que ficam ao redor disso. Sei que, em alguns lugares, isso tudo faz parte. Mas vamos dizer que isso não é do meu interesse”, declarou o piloto da Red Bull.

A postura do holandês não é compartilhada por Ricciardo. O piloto da AlphaTauri disse que parece viver dentro de um “filme”. “Parece que estamos vivendo um filme aqui. Deste ponto de vista, estou muito feliz por viver essa experiência pela primeira vez. Acho que será muito especial”, declarou.

O australiano revelou que já esteve em Vegas antes, com amigos, incluindo o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari. “É muito legal estar aqui. Acho que estar em Vegas sóbrio é algo único”, brincou Ricciardo.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Leclerc avisou que, desta vez, só participará de alguma festa se vencer a corrida. “É muito diferente agora. Na última vez, estive aqui para fazer festa. Agora não tenho nenhuma planejada para este fim de semana, talvez no sábado à noite, se vencermos. Mas somente se vencermos.”

Único piloto americano do grid atual da F-1, Logan Sargeant também é o único com experiência de correr em Las Vegas. “Vai ser muito legal. Eu corri aqui diversas vezes de kart. Sempre foi minha corrida favorita do ano. Então, espero que, voltando aqui, agora com a F-1, também seja uma experiência legal”, disse o piloto da Williams.

A programação do GP de Las Vegas será diferente das demais etapas do calendário, a começar pela data da corrida. A prova será disputada ainda no sábado, pelo horário local. A direção da F-1 planejou todos os eventos para a noite, de forma a destacar a iluminação e badalação da famosa cidade americana.

Assim, os pilotos vão para a pista pela primeira vez às 20h30 desta quinta-feira (1h30 da manhã de sexta, pelo horário de Brasília). A segunda sessão está marcada para as 5h, já pelo horário brasileiro. O terceiro treino livre será às 1h30 de sábado, seguido pela classificação, às 5h (de Brasília). A corrida está agendada para as 3h de domingo (Brasília).


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias