Edição nº2556 14/12 Ver edições anteriores

Verdades e mitos sobre a gripe e a vacina

A temporada de gripe está no auge e ainda circulam muitas notícias falsas sobre a doença e a vacina preventiva. Leia abaixo informações que de fato ajudam você a se proteger. As respostas são da infectologista Ligia Pierrotti, do corpo clínico do Delboni Auriemo.

O H3N2 é um novo vírus, mais grave que os anteriores, que apareceu esse ano?

Falso. Os subtipos A(H3N2) e A (H1N1) do Influenza A circulam há mais de uma década em diversos países, incluindo o Brasil. Em 2017 o H3N2 foi o vírus de Influenza que predominou no país. Em 2018 temos tido vários casos de Influenza A(H1N1) e A(H3N2), mas o predomínio, até o momento, é do A(H1N1).

Gripe H3N2 é diferente das demais, causadas pelo H1N1 e pelo Influenza B?

Falso. Embora existam diferentes tipos de vírus de Influenza A e Influenza B, as manifestações clínicas, gravidade, complicações e risco de óbito são semelhantes entre eles. O que determina a maior gravidade do caso é sobretudo a característica do indivíduo com gripe.

Os de maior risco de complicações e óbitos são principalmente crianças, idosos, gestantes, e pacientes com imunodepressão.

O tratamento de Influenza é chá e repouso?

Falso. Para o tratamento da gripe está indicado o antiviral oseltamivir, uma medicação oral que deve ser iniciada preferencialmente nas primeiras 48 horas para que tenha maior eficácia.

Casos de gripe mais leves, em pacientes sem risco aumentado de complicações, quando principalmente decorridos mais de 48 horas do início do sintomas, podem eventualmente ser tratados apenas com sintomáticos, repouso e hidratação. Entretanto, a avaliação médica é indispensável para todos com suspeita de gripe.

A vacina não protege contra o H3N2?

Falso. O remédio trivalente da gripe tem, na sua composição, uma cepa H1N1, uma cepa H3N2, e uma cepa do Influenza B, ou duas cepas do Influenza B para as vacinas tetravalentes

O H3N2 se propaga mais facilmente do que os outros vírus da gripe?

Falso. A transmissão dos vírus da gripe se dá exatamente da mesma maneira para todos os tipos de Influenza. Por meio de contato com secreções respiratórias contaminadas, por contato direto (pessoa-pessoa) ou por meio de superfícies ou objetos contaminados (indireta).

A vacina é segura?

Verdade. Elas são feitas com vírus inativo e, portanto, não são capazes de causar doença.

Possuem mercúrio, produto altamente tóxico?

Falso. O timerosal (derivado do mercúrio) é utilizado como conservante em várias vacinas há décadas e a ciência comprova a segurança dos imunizantes.

Tem alguma associação com o autismo?

Falso. A associação do uso de vacinas contendo timerosal com autismo já foi descarta pela ciência.

Onde buscar informações corretas a respeito da gripe?

Converse com o seu médico, tire suas dúvidas e leia a respeito em websites oficiais de entidades como a Sociedade Brasileira de Infectologia ou Ministério da Saúde.

 

 


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.