Mundo

Venezuela registra mais 2 mortes em protestos contra Maduro

CARACAS, 16 MAI (ANSA) – Um jovem de 17 anos e um homem de 33 anos morreram ontem (15) em uma manifestação na Venezuela, elevando o número de vítimas em protestos contra o governo de Nicolás Maduro, iniciados em abril. Identificado como Luis Alviarez, o jovem foi morto no estado de Tachira, durante uma manifestação. No Twitter, Patricia Ceballos, prefeita de San Cristobal, capital de Tachira, disse que o adolescente foi “assassinado por um agente da polícia nacional” e denunciou a morte de outra pessoa, Diego Hernandez, de 33 anos.   

A imprensa fala que os protestos deixaram já 46 ou 47 mortos, mas a Promotoria reconhece apenas 38 vítimas. Outras 800 pessoas ficaram feridas.   

A tensão política na Venezuela já dura anos, mas se agravou há um mês e meio, com os protestos da oposição contra Maduro. A comunidade internacional, principalmente os países da América Latina, tentam pressionar o presidente a iniciar uma negociação.   

(ANSA)

Veja também

+ Por falta de provas, Justiça nega pedido da defesa da ex-mulher do atacante Dudu
+ Namoro de Angela Ro Ro chega ao fim e ela desabafa: “Fui traída e usada”
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior