Esportes

Venezuela arranca empate no fim (2-2) contra o Equador na Copa América


A desfalcada seleção da Venezuela se mostrou corajosa e guerreira contra o Equador neste domingo, no Rio de Janeiro, e foi recompensada no fim do jogo ao arrancar um empate em 2 a 2 na abertura da terceira rodada do Grupo B da Copa América-2021.

Ayrton Preciado, aos 39 minutos, e Gonzalo Plata, aos 71, marcaram pela seleção equatoriana comandada pelo argentino Gustavo Alfaro, que havia estreado com uma derrota por 1 a 0 para a Colômbia e descansou na rodada passada.

Já a ‘Vinotinto’ do português José Peseiro, com mais de dez desfalques devido a lesões e casos de covid-19, conseguiu um ponto através de Edson Castillo, aos 51 minutos, e Ronald Hernández nos acréscimos (90+1), após a estreia em que perdeu de 3 a 0 para o Brasil e um empate sem gols contra a Colômbia.

Com este resultado, o já classificado Brasil, que descansa nesta rodada, lidera com seis pontos, seguido por Colômbia (4), Venezuela (2), Equador (1) e Peru (0). Colombianos e peruanos se enfrentam neste domingo em Goiânia.

Na penúltima rodada, na quarta-feira, equatorianos enfrentam peruanos em Goiânia. A Venezuela vai descansar e Brasil e Colômbia vão fechar o dia, no Rio de Janeiro.

– Equador na frente –

O lateral Pervis Estupiñán comandou pela esquerda as investidas dos equatorianos que, apesar de dominarem o jogo, abusaram dos cruzamentos.

Assim, a Venezuela posicionou seus onze jogadores em seu campo e dificultou o acesso à meta do goleiro Faríñez durante um tempo, até que Estupiñán foi recompensado.

O lateral cobrou uma falta na área que foi desviada por Moisés Caicedo para Robert Arboleda, que segundos antes de se chocar com Faríñez tocou para o lateral Preciado abrir o placar.

Sofrendo com um jejum de gols, desta vez a Venezuela se mostrou mais ofensiva contra o Equador, especialmente por meio de Cristian Cásseres e José Martínez, mas continuou sentindo a falta de Salomón Rondón, Yeferson Soteldo e Darwin Machís.

– Venezuela volta a marcar gols –

Martínez compensou esses desfalques ao entrar na área de Estupiñán para lançar uma bola entre os zagueiros equatorianos.

Castillo cabeceou livre e superou o goleiro Pedro Ortiz.

Abalado com o empate, o Equador esteve perto de voltar ficar em vantagem, mas Faríñez continuou brilhando.

O goleiro venezuelano defendeu uma cabeçada de Leonardo Campana que tinha endereço certo.

Motivada e se sentindo segura com as defesas de Faríñez, a Venezuela foi para o ataque com mais coragem e determinação, e os equatorianos recuaram.

Mas foi o Equador quem marcou, por meio de uma jogada em velocidade impressionante de Plata, que partiu desde sua própria área. A bola ainda foi rebatida pelo goleiro, mas acabou no fundo da rede.

Mas a alegria do Equador durou pouco. Um passe longo foi desviado de cabeça por Hernández, que comemorou como se fosse o gol da vitória, que de certo modo foi, já que manteve a Venezuela no caminho da classificação.

raa/aam

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

fbl