Tecnologia & Meio ambiente

Veneza ganha centro de estudos sobre mudanças climáticas

VENEZA, 13 ABR (ANSA) – A cidade de Veneza, na Itália, ganhou o maior centro de estudos sobre mudanças climáticas do país. A iniciativa nasceu de uma parceria entre a Universidade Ca’ Foscari, na capital do Vêneto, e o Centro Euro-Mediterrâneo sobre Mudanças Climáticas (CMCC). O local terá disciplinas de climatologia, economia e química, além de estabelecer estatísticas para pesquisas nacionais e internacionais sobre interações entre clima, ambiente, finanças e sociedade.   

Uma das características do centro de estudos é o conteúdo interdisciplinar, cujo objetivo é formar doutores em “ciência e gestão de mudanças climáticas” – único doutorado sobre o tema na Itália.   

“Lançamos uma parceria importante sobre pesquisa de mudanças climáticas que engloba os maiores cientistas italianos e internacionais sobre o tema”, explicou o reitor da Universidade Ca’ Foscari, Michele Bugliesi.   

“Este projeto multiplicará os nosso resultados e o impacto da nossa atividade graças ao doutorado em ciência e gestão de mudanças climáticas, uma experiência interdisciplinar com estudantes de todo o mundo”, acrescentou.   

A cidade de Veneza é uma das mais ameaçadas pelo aquecimento global, e há estudos que mostram que ela pode ser “engolida” pelo mar até o fim deste século. (ANSA)