Economia

Vendas e compras de aço da rede de distribuição sobem em dezembro, diz Inda

A rede de distribuição comprou nas siderúrgicas em dezembro 291,2 mil toneladas de aço plano, alta de 47,9% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Ante novembro, o aumento foi de 4%. O levantamento do Inda inclui os dados de seus associados e incluem chapas grossas, laminados a quente, laminados a frio, chapas zincadas, chapas eletro-galvanizadas, chapas pré-pintadas e galvalume.

Já as vendas dos distribuidores chegaram em 253,2 mil toneladas no mês passado, crescimento de 34,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Ante novembro, contudo, houve queda de 13,7%.

Com isso, os estoques da rede subiram e atingiram 800,2 mil toneladas, com um giro de 3,2 meses.

As importações em dezembro caíram 43,3%, para 53,7 mil toneladas na relação anual. Na comparação com o mês imediatamente anterior houve alta de 10,4%.

Para janeiro em relação a dezembro, a expectativa do Inda é de aumento das vendas em 10%. O volume comprado, contudo, deve se manter.

Mais projeções

O Inda projeta que as vendas de aço da rede cresçam 5% este ano, para 3,56 milhões de toneladas. O impulso deverá vir, segundo o presidente da entidade, Carlos Loureiro, do setor automotivo e da construção civil.

As vendas da rede de distribuição em 2019 somaram 3,392 milhões de toneladas, aumento de 9,6% em relação ao volume de 2018.

O bom resultado foi impulsionado pelas fortes vendas em dezembro.

Veja também

+ Jacquin ensina a preparar menu para o Dia dos Namorados
+ Morre Erivan de Lima, lenda nacional do mountain bike brasileiro
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

Tópicos

Aço dezembro Inda venda