Economia

Venda de subsidiárias da Eletrobras não será separada, diz ministro


O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta quarta-feira, 28, que as subsidiárias da Eletrobras não serão vendidas separadas, como defendem alguns agentes do setor elétrico, mas não soube precisar quando a venda será anunciada e nem quando a operação de capitalização será realizada.

“Vai passar pelo processo legislativo, não dá para saber o prazo da capitalização”, afirmou em uma breve participação no Encontro Nacional do Setor Elétrico (Enase), no Rio de Janeiro.

De acordo com o ministro, o governo está demorando a anunciar a privatização da Eletrobras porque “está fazendo o melhor trabalho possível”.

“Vamos ter uma corporação chamada Eletrobras, vamos vender tudo (subsidiárias) junto”, disse enquanto saía do evento para ir a Niterói, participar de um evento da Marinha de passagem de Comando da Diretoria de Hidrografia e Navegação.

Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico brasileiro e anunciou que até o final desta semana lançará mais duas consultas públicas, sobre a garantia do suprimento e outra sobre lastro de energia.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago