Geral

Venda de refrigerantes em cantinas escolares poderá ser proibida

Crédito: Reprodução da internet

Na última terça-feira (21), a Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) aprovou o projeto PLS 9/2017, que proíbe a venda de refrigerantes em escolas.

O projeto ainda torna obrigatório que os rótulos das bebidas tragam advertências sobre possíveis males do consumo excessivo. O objetivo da proposta é proibir a venda de refrigerantes em cantinas de escolas de educação básica. Com a aprovação do projeto, as distribuições gratuitas de refrigerantes também serão proibidas nas instituições de ensino.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), relator do projeto, afirmou que a proposta visa o bem estar e saúde das crianças, principalmente na educação básica.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil consome 50% a mais de açúcar do que o recomendado, com impacto no aumento da diabetes nos últimos anos.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio