Esportes

Velejador é resgatado por adversário após barco partir ao meio

Francês Kevin Escoffier disse que foi forçado a abandonar seu IMOCA depois que uma onda “dobrou o barco em dois” ao largo do Cabo da Boa Esperança, durante a Vendée Globe 2020

Velejador é resgatado por adversário após barco partir ao meio

A Vendée Globe 2020 viveu momentos de tensão na última terça-feira. O francês Kevin Escoffier (PRB) foi obrigado a abandonar a volta ao mundo em solitário sem escalas após seu barco partir ao meio.

O velejador foi resgatado pelo outro competidor e compatriota Jean Le Cam (Yes We Cam) depois de passar mais de 11 horas em um bote salva-vidas.

Kevin Escoffier disse que foi forçado a abandonar seu IMOCA depois que uma onda “dobrou o barco em dois” ao largo do Cabo da Boa Esperança, na África do Sul.

– Você vê as imagens de naufrágios? Foi assim, mas pior. Em quatro segundos o barco afundou, a proa dobrou em 90 graus. Abaixei a cabeça na cabine, uma onda estava chegando. Tive tempo de mandar uma mensagem antes que a onda fritasse a parte eletrônica. Foi uma loucura total.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Os organizadores da prova acionaram Jean Le Cam do barco Yes We Cam em uma missão de resgate, sendo o francês o competidor mais próximo do local.

– Eu disse a mim mesmo que ficaria de prontidão e esperaria pela luz do dia. Então pensei que no escuro seria mais fácil ver sua luz – disse Jean Le Cam.

O próprio Jean Le Cam foi resgatado nesta regata em 2009, depois de passar 16 horas em seu IMOCA virado.

– Assim que vi Jean, tive certeza de que seria salvo – disse Kevin.

O resgate não foi feito em condições normais, já que o mar tinha ondas de quase quatro metros.

– Foi surreal o que aconteceu. O barco dobrou em uma onda a 27 nós. Eu ouvi um estalo, mas, honestamente, você não precisava do barulho para entender. Eu olhei para o barco, estava em 90°. Em segundos, havia água por toda parte. A popa do barco estava submersa e a proa apontada para o céu. O barco se partiu em dois à frente da antepara do mastro. Garanto que não estou exagerando nada … havia um ângulo de 90° entre a parte de trás e a frente do barco. Não tive tempo de fazer nada. Acabei de enviar uma mensagem para minha equipe: “Estou afundando. Isto não é uma piada. SOCORRO“. Do momento em que entrei no convés soltando as velas e me encontrei no TPS, não se passaram nem dois minutos. Foi extremamente rápido – relatou.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel