Notícia

Veleiro russo interceptado na Coreia do Norte foi liberado

Um veleiro russo interceptado no Mar do Japão pela Guarda Costeira da Coreia do Norte, que o levou para um porto deste país, foi liberado neste domingo e seguia para Vladivostok (extremo oriente da Rússia), anunciaram fontes russas.

“IO iate russo Elfin zarpou hoje (domingo) do porto norte-coreano de Kimchaek com destino a Vladivostok”, afirmou Denis Samsonov, porta-voz da embaixada da Rússia em Pyongyang.

Yury Bokcharev, cônsul russo na cidade de Chongjin, disse que autoridades norte-coreanas indicaram que a detenção do veleiro havia sido resultado de um “mal-entendido”.

Outra fonte diplomática em Vladivostok afirmou que os cinco tripulantes do barco estavam a bordo e retornando para a Rússia.

Em um comunicado, o ministério russo das Relações Exteriores informou no sábado que o veleiro Elfin foi interceptado na sexta-feira à noite.

A Rússia compartilha uma pequena fronteira terrestre com a Coreia do Norte e suas relações com o regime stalinista de Kim Jong-Un são relativamente tranquilas.

del/fp