No inverno, a estação mais fria do ano, a queda de temperaturas e a diminuição da umidade do ar são comuns. No entanto, especialistas destacam que, neste ano, o principal aspecto desse período mudou. Durante os meses de julho e agosto, por exemplo, os termômetros continuarão indicando altas temperaturas em muitas regiões do Brasil.

Por isso, alguns desconfortos nos olhos podem surgir, devido ao ar frio e seco, aliado a maus hábitos e que se agravam quando as temperaturas estiverem mais altas. É importante redobrar o cuidado e a atenção com a saúde ocular, já que essa região é a mais afetada por irritações e coceiras.

A baixa umidade no ar leva à diminuição da lubrificação dos olhos, resultando em uma maior procura por atendimento médico devido a sintomas como coceira, vermelhidão, excesso de lágrimas, sensação de queimação, intolerância à luz e visão desfocada.

O oftalmologista, doutor Evandro Lucena, presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Ocular consultor da Rodenstock Brasil, esclarece que é importante adotar cuidados específicos com os olhos também durante o inverno. “É um período do ano em que surgem sintomas característicos da síndrome do olho seco, alergias oculares ou conjuntivite”, explica.

De forma geral, o especialista explica que é comum a pessoa não perceber ou dar a devida importância aos sinais de incômodo nos olhos, principalmente ao longo do dia, durante as atividades cotidianas. Mas, caso perceba esses sinais, é um indicativo de que algo está errado. Por isso, seguem algumas dicas:

  • Procure um médico especialista ao perceber o primeiro incômodo e evite fazer o tratamento por conta própria utilizando colírios sem prescrição médica.
  • É essencial ingerir bastante líquido. A hidratação não somente alivia a sensação de olhos secos, mas também previne o surgimento de diversas outras síndromes e doenças que podem ser causadas pela desidratação do organismo.
  • Procure diminuir o uso do ar-condicionado. Caso não consiga, tente usar um umidificador no ambiente.
  • Pisque mais e reduza o brilho da tela do computador, principalmente se precisar passar muito tempo diante dela.
  • Procure quebrar a luz natural do ambiente usando cortinas ou persianas.