Esportes

Vasco vai ter Maracanã lotado para vencer o ABC e respirar na temporada

Com promessa de grande público no Maracanã, o Vasco tenta avançar na Copa do Brasil para amenizar a pressão por conta das más atuações na temporada. O time encara o ABC às 21h30 desta quinta-feira, em duelo válido pela segunda fase. Com o clube em crise financeira, a premiação pela classificação, de R$ 1,5 milhão, também é muito cobiçado pelos cariocas.

A segunda fase é realizada em jogos únicos, mas o empate leva a decisão para os pênaltis. Quem passar, encara o Goiás, que eliminou o Santo André, nesta quarta-feira, ao vencer por 2 a 0. Na primeira etapa, o Vasco empatou por 1 a 1 com o Picos, no Piauí, enquanto o time potiguar fez 1 a 0 fora de casa contra o Aquidauanense-MS.

Depois de terminar 2019 com alta expectativa por conta da associação em massa da torcida ao seu programa de sócio-torcedor, o Vasco não conseguiu fazer muitas contratações, segue com atrasos salariais e não empolgou dentro de campo. Há dez dias os jogadores pararam de dar entrevistas como protesto pela falta de salários, alguns sem ter recebido em 2019 os vencimentos de novembro, dezembro e o 13.º. A diretoria quer o apoio da torcida, colocou os ingressos a preços populares e já vendeu mais de 30 mil bilhetes. A expectativa é de quase 60 mil pessoas no Maracanã.

Nesta temporada, o Vasco passou da primeira fase da Copa Sul-Americana com 1 a 0 no placar agregado contra o Oriente Petrolero, não chegou ao mata-mata da Taça Guanabara, o turno inicial do Campeonato Carioca, empatou na estreia da Taça Rio (1 a 1 com Resende), o segundo turno do Estadual, e passou da primeira fase da Copa do Brasil com empate diante do Altos-PI.

Em busca de uma formação melhor para a equipe, Abel Braga revelou que pode escalar o colombiano Guarín entre os titulares. Ainda sem condição física ideal, pois demorou para renovar contrato com o Vasco, o meia tem entrado durante os jogos. Desta vez, pode começar como titular, o substituindo no segundo tempo.

Na partida contra o Resende, ele mudou a cara do Vasco com passes e lançamento precisos, mesmo de longa distância. Outra possibilidade é jogar com três atacantes. “Nós vamos jogar sempre com três atacantes. Vocês me conhecem há muito tempo e sabem que sempre foi assim, desde lá atrás. (O ataque) pode ser Ribamar, Cano e Marrony. Se não for o Ribamar, pode ser o Thiago Reis. Pode ser o Vinícius também. Estamos estudando o adversário”, prometeu Abel Braga.

O ABC pode ser visto como zebra no Maracanã, mas está disputando o campeonato estadual, em que já foi campeão do primeiro turno, e a Copa do Nordeste, em que venceu apenas uma vez. O técnico Francisco Diá não deve promover alterações no time.

O zagueiro Vinícius Leandro havia sido poupado no último jogo e volta ao time titular ao lado de Joécio, que se recuperou de lesão. “Estamos conscientes da nossa capacidade. O Vasco é um gigante e, jogando com Maracanã cheio, é favorito. Nos resta descansar os jogadores, corrigir algumas coisas e preparar bem o time para sermos competitivos”, resumiu Diá.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Hamilton bateu de novo em Albon; veja memes da F1
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior