Esportes

Vasco quer apoio da torcida no Maracanã contra o embalado ABC pela Copa do Brasil

A estreia na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, com o empate por 1 a 1 contra o Resende, em Volta Redonda (RJ), no sábado, não foi da forma como o Vasco queria, mas o técnico Abel Braga e os jogadores pedem o apoio da torcida para a sequência de jogos do time. A começar pelo desta quinta-feira contra o embalado ABC, no estádio do Maracanã, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O rival do Vasco conseguiu no domingo a maior goleada do Campeonato Potiguar ao aplicar um 8 a 0 no Palmeira de Goianinha, no estádio Frasqueirão, em Natal, com grande destaque para o meia Berguinho, o camisa 10, que marcou três gols. Antes, já havia batido o Força e Luz por 6 a 0, também pelo Estadual, e eliminado o Aquidauanense na primeira fase da Copa do Brasil com triunfo por 1 a 0, no Mato Grosso do Sul.

Abel Braga sabe que a partida contra o ABC é muito importante para as pretensões do time, principalmente pelo lado financeiro – o vencedor garantirá um prêmio de R$ 1,5 milhão. “Agora vamos ter que fazer o jogo do ano, temos que passar de fase na quinta-feira. Vamos entrar com todo respeito ao ABC, mas para fazer um jogo digno da presença do torcedor, que com certeza vai encher o Maracanã. Uma maneira de homenagear o sócio-torcedor do clube. E nós temos que passar convencendo, que é o mais importante”, disse.

O Vasco vai encarar o ABC em um momento conturbado. Os problemas em campo são agravados pela insatisfação do elenco. Com dois meses de salários atrasados, além de férias, uma parcela do 13.º e cinco meses de direitos de imagem, o grupo decidiu, na semana retrasada, não dar entrevistas até que o que a situação dos jogadores e dos funcionários seja regularizada.