Esportes

Vasco paga salários de novembro para jogadores e funcionários

O Vasco amenizou a situação dos jogadores e funcionários nesta terça-feira ao quitar os salários de novembro. O elenco, contudo, segue em atraso quanto aos pagamentos referentes a dezembro e ao 13º do ano de 2019.

Veja também

+ Que tal um fogão de R$ 21 milhões?
+ Ricardo Tavares, o incrível criador de negócios rurais
+ “Fantástico” desvenda fraudes em aprovados do auxílio emergencial
+ O Nivus é o Honda WR-V da Volks?
+ Arame farpado vira armadilha contra corredores e ciclistas na quarentena
+ Inteligência artificial interpreta personalidade de pessoas em selfies

No caso dos atletas, o pagamento foi total em relação a novembro. Já para os funcionários foi parcial. Foram quitados os salários para quem recebe até o valor de R$ 1.800. Quanto ao salário de outubro, receberam quem ganha acima de R$ 3 mil.

Desta forma, os jogadores ainda têm a receber o salário de dezembro, o 13º e o valor referente às férias e direitos de imagem. No caso dos funcionários, a dívida é do salário de novembro, para quem recebe acima de R$ 1.800, além de dezembro e férias.

O pagamento destes valores foi possível graças ao acerto da renovação do contrato de patrocínio com o banco BMG. O acordo foi estendido até 2023. Com a negociação bem-sucedida, o patrocinador antecipou o pagamento de R$ 5 milhões, utilizado para quitar parte da dívida do clube com salários de jogadores e funcionários.

Pelo novo acerto com o BMG, o Vasco deve embolsar R$ 18 milhões até 2023. Mas esta soma pode aumentar porque a negociação envolve cláusulas de elevação no pagamento caso o clube consiga fazer crescer o número de contas da versão virtual do banco, a partir do engajamento da torcida.