Esportes

Vasco e Fluminense se enfrentam pela liderança e por vantagem na próxima fase

Vasco e Fluminense poderiam pensar apenas na semifinal, mas travam um duelo importante neste domingo, às 16 horas, na Arena Amazônia, em Manaus (AM). Uma vitória na rodada final garante a liderança na Taça Guanabara e, consequentemente, vantagem de jogar por dois empates nas decisões que virão pela frente, independentemente do adversário.

A pontuação dos dois rivais é exatamente a mesma. Com 14 pontos, o Fluminense é o líder por ter maior saldo de gols (oito contra cinco). Por isso, um empate é o suficiente para garantir a primeira colocação. Uma derrota pode colocar alguém da dupla na terceira posição e em desvantagem na semifinal, já que o Botafogo pode chegar a 14.

Além dos atrativos pela tabela de classificação, o jogo marcará o retorno do atacante Fred. Em imbróglio com diretoria e o técnico Levir Culpi, o centroavante ameaçou deixar as Laranjeiras e disse que não jogaria mais com o treinador. Após três dias sem comparecer ao clube, o jogador retornou, resolveu as arestas com Levir e está confirmado na partida.

Apesar de contar com o centroavante de volta, Levir não terá força máxima. Preocupado com a sequência do time na temporada e com o desgaste, o treinador decidiu poupar Jonathan, Pierre e Gustavo Scarpa. As mudanças não foram lamentadas pelo técnico, já que os substitutos também atuaram nos últimos jogos e estão bem condicionados.

No Vasco, o zagueiro Rodrigo recebeu um efeito suspensivo pela suspensão dada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio e está liberado. O problema é que o jogador ainda sentes dores musculares. Se não for liberado, Rafael Vaz atua. No ataque, Riascos deve começar o jogo ao lado de Jorge Henrique.

Veja também

+ Cartucho de videogame do Super Mario Bros. é leiloado por US$ 114 mil e quebra recorde
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior