Esportes

Vasco definirá vaga nos grupos da Libertadores na Bolívia com o Jorge Wilstermann

O Vasco já sabia que teria pela frente um adversário boliviano no seu último mata-mata em busca de uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. Agora, porém, descobriu que precisará decidir a série na altitude de 2.810 metros de Sucre, diante do Jorge Wilstermann.

O time boliviano será mandante no jogo de volta, em 21 de fevereiro, por estar melhor posicionado no ranking da Conmebol do que o Vasco. Embora seja de Cochabamba, o time vem mandando os seus jogos nesta edição da Libertadores em Sucre, no Estádio Olímpico Patria. Já o primeiro duelo será na casa do clube carioca, o estádio de São Januário.

Para se classificar à terceira e última fase preliminar da Libertadores, o Jorge Wilstermann precisou passar por um time boliviano. Na semana passada, a equipe abriu vantagem na série ao bater o Oriente Petrolero por 2 a 1, fora de casa, em Santa Cruz de la Sierra.

Na noite de quinta, então, empatou por 2 a 2, em Sucre. A classificação, porém, não veio sem sustos, pois a equipe fez 2 a 0 no primeiro tempo, com os gols do brasileiro Serginho e de Alejandro Meleán, mas cedeu a igualdade na etapa final.

Ao contrário do Vasco, que foi campeão da Libertadores em 1998, o Jorge Wilstermann nunca venceu o torneio, tendo a semifinal em 1981 como a sua melhor campanha. No ano passado, a equipe foi eliminada nas quartas de final pelo River Plate, após fazer parte do grupo do Palmeiras e passar pelo Atlético Mineiro nas oitavas.

O Vasco passou com bem mais facilidade de fase na Libertadores. O time carioca venceu duas vezes o Universidad de Concepción, por 4 a 0, no Chile, e 2 a 0, em casa. Agora, então, tentará passar pelo Jorge Wilstermann para entrar no Grupo 5 da Libertadores, que conta com Cruzeiro, Universidad de Chile e Racing.

Os outros três confrontos da última fase preliminar da Libertadores estão definidos e vão ser Santiago Wanderers x Santa Fe, Banfield x Nacional do Uruguai e Atlético Junior x Guarani do Paraguai.