Esportes

Vasco aproveita partida contra a Chapecoense para fazer festa no Maracanã

O Vasco fará neste domingo uma grande festa para se despedir da temporada 2019. No Maracanã, a equipe vai enfrentar a Chapecoense, às 16 horas, em uma partida com pouco efeito prático para o Campeonato Brasileiro, mas com enorme peso simbólico. Será uma reafirmação da grandeza vascaína e uma demonstração de amor da torcida ao clube.

A diretoria do Vasco anunciou que 50 mil ingressos foram vendidos para o duelo contra os catarinenses, já rebaixados para a Série B. Inicialmente, o jogo estava marcado para São Januário, mas os dirigentes vascaínos decidiram transferi-lo para o Maracanã para festejar o incrível crescimento nas adesões ao programa de sócio-torcedor do clube.

Até o começo da semana passada, o Vasco tinha cerca de 33 mil sócios. Foi então que teve início uma campanha de associação em massa que contou com a participação de torcedores ilustres da equipe carioca nas redes sociais. O resultado foi impressionante: até a noite de sexta-feira, o clube já ostentava 163 mil sócios, o que fez dele o líder do Brasil nesse quesito, deixando para trás seu maior rival, o Flamengo.

Com 48 pontos na classificação do Brasileirão, o Vasco está na 13.ª colocação e pode até subir para a nona posição na última rodada. Se isso ocorrer, vai receber uma premiação de R$ 19,8 milhões. Caso termine o campeonato onde está, vai embolsar da CBF R$ 13,7 milhões.

Na partida contra a Chapecoense, Vanderlei Luxemburgo não poderá escalar Richard e Ricardo Graça, que estão suspensos. Por outro lado, o treinador terá à sua disposição Henríquez, Leandro Castan, Guarín e Rossi, que não participaram do empate por 1 a 1 com o Bahia, na quinta-feira.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Luxemburgo, aliás, ainda não sabe se ficará no Vasco em 2020 – seu contrato acabará no fim deste ano. A diretoria está otimista pela renovação, mas existe a possibilidade de o jogo de domingo ser o último do treinador no clube.

FICHA TÉCNICA

VASCO – Fernando Miguel; Raúl Cáceres, Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Raul, Yago Pikachu, Andrei, Guarín e Marrony; Ribamar. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?