Geral

Vasco ainda digere o gosto agridoce dos empates

O empate nos minutos finais de um jogo de futebol pode ser doce ou amargo. O Vasco experimentou os dois sabores nas últimas partidas. Primeiro contra o Flamengo, quando Ribamar empatou, aos 47 do segundo tempo, o clássico no Maracanã. Já contra o Goiás, em São Januário, viu o esmeraldino igualar o marcador, com um gol contra do zagueiro Henríquez no último lance da partida.

“Sãos sensações bem distintas dentro de uma semana”, diz o goleiro Fernando Miguel. Segundo o arqueiro, é necessário pensar no próximo adversário, o São Paulo. Este jogo será no Morumbi, mas só irá acontecer no dia 28 de novembro, pois o time de São Januário folga nesta rodada, pois teve o jogo contra o Flamengo antecipado por conta da final da Libertadores.

Fernando Miguel e todo o elenco vascaíno retornaram aos treinos nesta quinta (21) no Centro de Treinamento do Almirante. O goleiro vascaíno também falou sobre as ambições da equipe quando faltam quatro rodadas do fim do Brasileirão: “Independente do objetivo, é o respeito e a lealdade que devemos ter com esta camisa até o fim da temporada”.