ISTOÉ Gente

‘Vandalismo é ter medo de morrer pela cor da pele’, diz apresentador da CNN

Crédito: Reprodução/ Instagram

O apresentador Diego Sarza, da CNN Brasil, saiu em defesa das manifestação contra a morte de João Alberto Silveira Freitas, homem negro espancado em um supermercado de Porto Alegre (RS). O jornalista também criticou quem considera os atos como vandalismo.

“Vandalismo é ter medo de apanhar, de morrer por causa da cor da pele. Vandalismo é ter menos oportunidades e por aí vai… Minha solidariedade a todos os familiares do Beto e, por extensão, a todas as vítimas de racismo no Brasil. Vidraças voltam pro lugar. Vidas não”, escreveu Sarza em um post no Twitter.

Em Porto Alegre e em São Paulo, as manifestações terminaram com unidades do Carrefour depredadas por alguns dos participantes. Na capital paulista, também houve um princípio de incêndio em um dos mercado da rede.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel