Esportes

‘Vai virar tattoo’, posta Paulo Miranda sobre desenho alusivo a briga em GreNal da Libertadores

Imagem feita em formato de caricatura com o zagueiro de punhos cerrados e usando o colete que fardava na partida dividiu opiniões nos comentários

‘Vai virar tattoo’, posta Paulo Miranda sobre desenho alusivo a briga em GreNal da Libertadores

O zagueiro Paulo Miranda, que passa por processo de recuperação física para voltar a ser opção ao técnico Renato Portaluppi, causou polêmica após postagem feita em sua rede social nessa terça-feira (24).

Ao publicar uma imagem referente ao desenho feito pelo desenhista Matheus Ceresa que faz alusão a briga generalizada no clássico contra o Internacional pela fase de grupos da Libertadores na Arena, o jogador colocou a seguinte legenda:

O posicionamento do defensor, apesar de mexer com o brio do arquirrival, algo explícito nas respostas colocadas nos comentários, não foi necessariamente unânime em relação aos próprios gremistas que comentaram o post feito.

Isso porque, enquanto alguns reclamaram da longa ausência de Paulo Miranda devido a sequência de lesões (diante do Ceará ele saiu aos 12 minutos reclamando de dores musculares), outros apontaram que fazer referência a uma briga entre colegas de profissão não seria um momento necessariamente para se orgulhar.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel