Coronavírus

Vacina da AstraZeneca é eficaz contra variante Delta da Covid

Crédito: AFP/Arquivos

(Arquivo) Vacina AstraZeneca/Oxford (Crédito: AFP/Arquivos)


ROMA, 15 JUN (ANSA) – A vacina anti-Covid Vaxzevria, criada pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, é eficaz contra a variante Delta da Covid-19 e conseguiu reduzir em 92% a hospitalização de pessoas sintomáticas após as duas doses do imunizante, informou a farmacêutica nesta terça-feira (15).

O estudo tem como base os dados da agência de saúde pública do Reino Unido (PHE) com os cidadãos vacinados no país. Além disso, houve uma redução de 86% na hospitalização de pessoas que contraíram a variante Alpha. Em ambos os casos, não houve mortes nos dois casos.

Os dados mostraram, porém, uma perda de eficácia em evitar os casos mais leves da Covid-19, sendo de 74% no caso da mutação Alpha, detectada primeiramente no Reino Unido, e de 64% na Delta, inicialmente registrada na Índia.

A pesquisa do PHE também mostrou a eficácia da vacina Cominarty, desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech, contra a variante Delta. Segundo os dados, após as duas doses, houve uma queda de 96% da hospitalização de pacientes sintomáticos.

A análise incluiu dados de 14.019 casos confirmados da variante Delta, dos quais 166 foram internados em hospitais, entre 12 de abril e 4 de maio.

“Essa prova do mundo real mostra que a vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca fornece um alto nível de proteção contra a variante Delta, que é atualmente uma área de crítica preocupação dada a sua rápida transmissão. Os dados mostram que a vacina continuará a ter um impacto significativo em todo o mundo, dado que continua a representar a grande maioria das entregas para a Índia e à iniciativa Covax”, ressaltou o vice-presidente-executivo da BioPharmaceuticals R&D, Mene Pangalos.

Os temores em relação com a variante Delta fizeram com que o governo britânico adiasse a flexibilização total das regras sanitárias anti-Covid de 21 de junho para 19 de julho. Isso porque estudos nacionais mostraram que a mutação pode ser até 60% mais transmissível do que a cepa original do Sars-CoV-2.

Mesmo com a vacinação em um momento avançado, os números de casos continuam a apresentar uma elevação constante. O governo atribui o fato à predominância da variante sobre a cepa Alpha. A boa notícia é que as mortes não estão subindo da mesma maneira.

(ANSA).

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago