Brasil

Usuário é expulso do iFood após atitude racista contra entregador do aplicativo

Usuário é expulso do iFood após atitude racista contra entregador do aplicativo

Após a repercussão do caso nas redes sociais, o usuário flagrado cometendo injúria racial foi banido do aplicativo de comida delivery iFood, conforme apuração da colunista Bela Megale, de O Globo.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Apesar do caso ter acontecido no último dia 31 de julho em Valinhos, no interior paulista, o episódio ganhou notoriedade principalmente nesta sexta-feira (7).

No vídeo, o entregador Matheus Pires tenta argumentar com um homem branco, o qual ofende o profissional e comete injúria racial.

LEIA MAIS

VÍDEO: ENTREGADOR DE APLICATIVO SOFRE OFENSAS RACISTAS EM CONDOMÍNIO DE SP

A discussão começa com o homem de camisa azul e bermuda perguntando quanto o entregador ganha por mês. Na sequência, o agressor diz que o jovem “não tem onde morar”.

“Você tem inveja disso aqui. Você tem inveja dessas famílias aqui. Você tem inveja disso aqui também [passando a mão no antebraço]. Você nunca vai ter. Eu já nasci rico. Você é semi-analfabeto”, disse o homem.

O gesto feito pelo morador do condomínio já foi usado diversas vezes, de forma pejorativa, quando alguém quer se referir ao tom de pele.

Sem elevar o tom de voz ou ofender o homem, o entregador responde:

“Você conseguiu por quê? O seu pai te deu?”, questiona.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea