Geral

USP doa terreno para Prefeitura fazer creche

A Universidade de São Paulo (USP) formalizou na quarta-feira, 1º, a doação de um terreno de sua propriedade, ocupado pela Favela São Remo, no Butantã, zona oeste da capital paulista, para que a Prefeitura construa uma creche para a comunidade. No local, já há uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

A gestão Fernando Haddad (PT) estima que a região tenha uma demanda de 500 vagas de creche. As unidades-padrão da Prefeitura têm, em média, 405 vagas. Ao anunciar a doação, Haddad não deu data exata para iniciar as obras. O terreno têm área de 22 mil m².

O reitor da USP, Marco Antonio Zago, disse que a ideia da doação é melhorar a relação entre a universidade e a comunidade adjacente. A favela ocupa o terreno há pelo menos 20 anos. “A grande vantagem para a instituição é melhorar a relação com seus vizinhos. Nunca se cogitou vender o terreno”, disse Zago.

“A universidade está vendendo outros imóveis, mas ainda não conseguiu”, completou o reitor. Zago informou ainda que uma doação similar será feita ao Estado, para a construção de moradias populares.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Raro fenômeno da lua azul ocorrerá durante o Halloween, saiba o significado

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago