MOSCOU, 13 JUN (ANSA) – O Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou nesta quinta-feira (13) que o acordo no G7 para usar lucros de ativos de Moscou congelados pelo grupo para ajudar a Ucrânia “não levará a nada de bom” para o Ocidente.   

“Iniciativas ilegais arriscam geram um desequilíbrio do sistema financeiro e crises devastadoras”, declarou a porta-voz da chancelaria russa, Maria Zakharova.   

Segundo o acordo aprovado no G7, os lucros de ativos russos congelados serão usados como garantia em um empréstimo de US$ 50 bilhões (R$ 270 bilhões) para Kiev. “É um sinal forte para Putin: ele não vai vencer”, afirmou a presidente do poder Executivo da União Europeia, Ursula von der Leyen.   

“Trata-se de um passo histórico”, reforçou o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz. (ANSA).